Ir al contenido

 Colombia Portal oficial de turismo

Estás en:

Deserto de Tatacoa: O jardim que se tornou um deserto

Haga click sobre la imagen para ampliarla Deserto de Tatacoa

Deserto de Tatacoa /Fot: http://www.flickr.com/photos/fabianrios/

O Deserto da Tatacoa, a segunda maior zona árida da Colômbia depois da península da Guajira, é um dos palcos naturais mais atraentes da Colômbia que ocupa 330 quilômetros quadrados de terra de cor avermelhada e cinza com os tons verdes dos cactos.

O Deserto da Tatacoa tem duas cores características: avermelhada no setor do Cuzco e cinza na zona dos Buracos.

O Tatacoa ou o Vale das Tristezas, como o chamou em 1538 o conquistador Jiménez de Quesada, pelos rastos de deterioração que notou em seu território, não é exatamente um deserto, mas sim um bosque seco tropical. Seu nome “Tatacoa” também foi dado pelos espanhóis, referindo-se às cascavéis e não às cobras inofensivas de cor negra, como se poderia pensar.

De acordo com o que revelam os cientistas, a Tatacoa durante o Período Terciário foi um jardim com milhares de flores e árvores que pouco a pouco foi secando e se tornou um deserto.

O Tatacoa segue vivo graças à estação de chuvas que corresponde aos meses de abril, maio, outubro e novembro, recordando seu passado de jardim verde e frondoso, cheio de flores e pássaros entre suas árvores.

Paisagem do deserto

No Deserto de Tatacoa existe muita erosão e escassas vidas animais e vegetais que se adaptaram de maneira perfeita às condições mínimas de umidade e às altas temperaturas. Encontraremos lá: tartarugas, roedores, serpentes, aranhas, escorpiões, águias, lagartos e pequenos tigres que dividem este espaço, escondendo-se na terra seca e entre os cactos de até quatro ou cinco metros de altura.

As plantas desta zona se adaptam às condições climáticas mediante o desenvolvimento de raízes horizontais de até 30 metros e raízes verticais de 15 metros de profundidade que facilitam o acesso à água.

A zona está muito erodida e cruzada por cânions secos que se desenvolvem provisoriamente nos meses de inverno. Estas misteriosas formas se criam sobre superfícies argilosas, gerando na paisagem estruturas labirínticas que podem atingir até 20 metros de profundidade.

Clima

O Deserto da Tatacoa conta com uma temperatura média de 28°C que, às vezes, chega a até 40°C, principalmente em dias de sol radiante.

O lugar astrológico

O Deserto da Tatacoa é um lugar privilegiado geograficamente por sua localização a 3°13\' de Latitude Norte e 75°10\' de Longitude Oeste, próxima ao Equador Terrestre.

De lá é possível:

  • observar as 88 constelações,
  • realizar passeios pelos diversos objetos
  • e apreciar fenômenos como chuvas de meteoros.

Durante a maior parte do ano, o céu de Tatacoa está livre de nuvens.

Haga click sobre la imagen para ampliarla Deserto de Tatacoa

Deserto de Tatacoa /Fot: http://www.flickr.com/photos/marialegria/

Além das perfeitas condições geográficas e atmosféricas para a observação de corpos celestes, o Tatacoa não conta com a poluição lumínica nem auditiva. Este atrativo chama muitos turistas que pernoitam lá, para aproveitar do silêncio, da paisagem e da tranquilidade do lugar.

Villavieja, a capital antropológica da Colômbia

Villavieja, conhecida como "a capital antropológica da Colômbia", possui lugares de fauna e flora correspondentes a espécies de diversos períodos geológicos há milhões de anos. Os fósseis de moluscos, tartarugas, roedores, tatus e bichos-preguiça gigantes encontrados pelos cientistas demonstram que Tatacoa teve originariamente uma flora exuberante, diversificada em espécies.

Por estas razões, o deserto é muito visitado, especialmente pelos geólogos e paleontólogos que encontram lá um verdadeiro paraíso para suas pesquisas.

Festa das Estrelas no Deserto de Tatacoa

Alguns dizem que a temperatura no deserto de Tatacoa é tão alta que é possível cozinhar um ovo se o enterramos em sua areia.

Haga click sobre la imagen para ampliarla Deserto de Tatacoa

Deserto de Tatacoa /Fot: http://www.flickr.com/photos/chilangoco/

Uma boa razão para ficar percorrendo o estado do Huila depois do Reinado Nacional do Bambuco em Neiva, é a chamada Festa das Estrelas ou Tatacoa Star Party 2009 que se realizará no Deserto da Tatacoa entre 17 e 20 de julho de 2009.

O evento está dirigido a astrônomos, acadêmicos, cientistas, estudantes e, em geral, aos dedicados à astronomia e corpos celestes. O “Star Party 2009 será uma excelente oportunidade para descobrir o céu, observar os dois hemisférios celestes e avistar esplêndidas constelações como Escorpião, Sagitário, Virgem, Centauro e Cisne, entre outros fenômenos”, assinalou o astrônomo Javier Rua.

Haga click sobre la imagen para ampliarla Deserto de Tatacoa

Deserto de Tatacoa /Fot: http://www.flickr.com/photos/paulhs/

Da mesma maneira, com motivo da celebração do Ano Internacional da Astronomia, além da observação do céu, se programaram palestras, conferências e atividades lúdicas e acadêmicas relacionadas com as ciências astronômicas.

A Festa das Estrelas também terá caminhadas ecológicas pelos setores El Cuzco e Los Hoyos del deserto, bem como percursos pelo município de Villavieja e por seu Museu Paleontológico.

Como chegar a Villavieja e ao Deserto de Tatacoa?

  • Por ar: o voo de Bogotá a Neiva dura aproximadamente 30 minutos.
  • Por terra: a viagem em carro de Bogotá a Neiva demora aproximadamente 5 horas.
  • De Neiva até o município de Villavieja, a viagem dura 45 minutos por rodovia e desse lugar à entrada do deserto são mais ou menos 15 minutos de percurso.
  • Se você não tem carro, em Villavieja há serviço de moto táxis até a zona desértica.

Se você gosta de lugares naturais como o Deserto de Tatacoa, conheça também:

Contato

PROCOLOMBIA
Calle 28 A Nº 13A-15 Piso 36
E-mail: Correo electrónico info ARROBA colombia PUNTO travel

Ministry of Commerce, Industry and Tourism Fondo de Promoción Turistica PROCOLOMBIA