Ir al contenido

 Colombia Portal oficial de turismo

Estás en:

Jangada pelo rio a Velha

Haga click sobre la imagen para ampliarla. Jangada pelo rio a Velha Fot. bloodless.

Jangada pelo rio a Velha /Fot. bloodless/

Uma interessante aventura de ecoturismo: navegar rio abaixo numa jangada de bambu. Conheça esta interessante opção de turismo e aventura, no centro da Colômbia, no limite entre o Triângulo do Café e o estado do Valle.

Es allí donde los amantes de la naturaleza pueden llegar a tener el contacto directo con el agua, ya que la región ofrece una excelente opción de turismo de naturaleza y aventura, el balsaje por el río.

As jangadas (champalas, como as chamam os povos nativos) fazem referência ao tradicional meio de transporte utilizado pelos indígenas Quimbayas que povoavam esta zona antes da Conquista. Nelas transportavam os alimentos e pessoas.

Nome do rio

Conta a lenda que há muitos anos existia uma formosa rainha indígena Guacamarintia a qual os índios homenageavam oferecendo objetos de ouro: braceletes, colares, brincos e cordões que ao todo pesavam 800 castellanos (cada castellano equivale a 8,6 gramas).

Um dia, homens espanhóis lhe tiraram seus pertences e jogaram o corpo da mulher nas águas do rio. Com muita dor os indígenas foram às tribos próximas. Com eles construíram jangadas para navegar em busca de Guacamarintia. Depois de vários dias, encontraram seu corpo cheio de rugas em Piedras de Moler. Por isso batizaram a este rio “el río de nuestra vieja”, mais conhecido como o rio da Vieja.

Percurso pelo rio a Vieja

O percurso começa no Porto Alejandría em Quimbaya (Triângulo do Café) aonde se chega a partir de Armênia nos famosos carros da região que transportam café, chamados Jeep Willys. Dali os turistas navegam pelo rio, percorrendo ao redor de 12 quilômetros. O percurso dura 5 horas e termina nas Piedras de Moler, entre Alcalá e Cartago (Norte do Vale).

Durante todo o percurso se pode observar a flora da região, árvores como: caracolíes, laureles, guamos, ceibas, cauchos, etc. e a fauna: garças brancas, azuis e negras, gaviões, papagaios, tamanduás, tigres, tatus, panteras, jibóias, etc.

Além das jangadas diurnos, no rio a Vieja também se organizam as jangadas noturnas com a lua cheia, as estrelas, acompanhados dos cantos dos grilos e cigarras. Algumas vezes os guias convidam a músicos e contadores de histórias para acompanhar a viagem, dependendo do interesse dos passageiros que em muitas ocasiões preferem navegar em silêncio, escutar os sons da natureza e descansar no ambiente do rio.

Haga click sobre la imagen para ampliarla A incrível destreza do guia da jangada

A incrível destreza do guia da jangada

A viagem em jangada pelo rio a Vieja oferece uma deliciosa tarde no meio do sol, da água e do verdor da natureza da região.

A jangada é um meio de transporte adequado para as condições do rio que desce com sua velocidade. O rio tem partes profundas de 8-10 metros e outras mais baixas, de 1-5 metros. Em algumas partes, chega até aos 40 metros de profundidade. Em algumas partes do rio, o Boga (guia) permite aos turistas nadar nas corredeiras e nos redemoinhos, recordando que sempre usem os coletes salva-vidas.

O uso da jangada não é somente uma atividade de diversão e aventura. É também uma forma de exploração e de descoberta do rio.

As jangadas

As jangadas do rio a Vieja são um meio de transporte fluvial muito seguro. Constroem-se de bambus e são muito seguras já que sua estrutura é reforçada por um tubo em cada um dos lados. Os passageiros se sentam em bancas de madeira.

Adicionalmente, a segurança dos passageiros é garantida pelo guia, uma pessoa que conhece perfeitamente o rio, suas correntes, suas pedras, partes baixas e profundas, que a dirige com um pau de bambu de vários metros de comprimento.

Cada jangada é construída com 17 bambus (dependendo do número de pessoas se agregam ou se tiram os bambus), e tem ao redor de 9 metros de comprimento por 2,50 de largura. Sua capacidade máxima é de 12 a 15 pessoas.

Almoço

É o tradicional fiambre envolvido em folhas de congo e de banana para dar-lhe sabor. O fiambre tem arroz, macaxeira, batata e coxa de frango.

Informação prática

  • O preço inclui transporte terrestre a partir de Armênia a Quimbaya em jeep Willys, colete salva-vidas, seguro, guia e almoço tipo fiambre.
  • A atividade está permitida a partir dos 4 anos de idade.
  • Lembre-se de levar: roupa leve para banho, jaqueta impermeável, sapatos para água e roupa seca para a volta.
  • Recomenda-se também levar protetor solar, óculos de sol, chapéu, boné e prendas para mudar.

Jangada no rio a Vieja em imagens




Contato

PROCOLOMBIA
Calle 28 A Nº 13A-15 Piso 36
E-mail: Correo electrónico info ARROBA colombia PUNTO travel

Ministry of Commerce, Industry and Tourism Fondo de Promoción Turistica PROCOLOMBIA