1

O mototurismo é uma tendência. Graças às facilidades oferecidas pelo turismo de estrada, descobrir novos destinos na Colômbia nunca foi tão fácil. Calcule sua rota para descobrir paisagens maravilhosas.

Hoje em dia, muitas pessoas estão fazendo viagens de moto para percorrer distâncias mais longas e chegar a novos destinos na Colômbia. Seja viajando com seu parceiro, um amigo ou com seu grupo de motociclistas favorito, a infraestrutura viária do país é um incentivo para o mototurismo.

São muitas as vantagens ao realizar viagens de moto na Colômbia:

  • Você não precisa pagar pedágio (imposto) nas cabines das estradas.
  • Você tem mais de uma opção para chegar a um lugar, pode escolher rotas alternativas se quiser uma experiência mais aventureira.
  • Você pode chegar a lugares onde um carro não pode chegar e ter experiências imersivas na natureza.
  • Dependendo da cilindrada da moto, você pode economizar muito dinheiro em gasolina (além do mencionado no primeiro ponto).
  • Como a moto te obriga a parar mais vezes, você tem a possibilidade de passar por vilarejos coloniais e fazer uma pausa enquanto continua sua jornada ou faz uma troca de piloto se estiver acompanhado.

Além disso, uma das experiências únicas que esse tipo de turismo oferece é experimentar as mudanças entre os diferentes pisos térmicos que existem no país durante certos trajetos. Por essa razão, você deve estar muito bem preparado e com a indumentária correta para aproveitar ao máximo.

Existem muitas rotas para diversos destinos que você pode fazer de moto de qualquer lugar da Colômbia. Neste artigo, recomendamos dois trajetos saindo de Bogotá com uma oferta variada de turismo para todos os gostos.

Um casal tira uma selfie durante suas viagens de moto pela Colômbia
Crédito: ProColombia

Seja viajando sozinho ou acompanhado, viajar de moto pela Colômbia é uma aventura única.

Mototurismo para os aventureiros: de Bogotá ao Deserto de la Tatacoa

Quando se chega ao país vindo do exterior, muitas vezes a primeira parada é Bogotá. A capital é um excelente ponto de partida para descobrir as maravilhas turísticas que Colômbia tem para oferecer. Para iniciar essa aventura, você pode começar alugando uma moto. Existem muitos lugares especializados em viagens de moto em diferentes pontos da cidade onde você pode fazer isso.

Depois de se preparar com a indumentária adequada, equipamento de segurança e estar pronto para começar, tenha em mente que há duas maneiras de chegar ao Deserto de la Tatacoa.

Para ir a esse destino, você deve sair pelo oeste da cidade, especificamente pela autopista sul. Uma rota alternativa de saída também é pela calle 80, procurando a saída para Soacha em direção a La Mesa. Neste percurso, você passa pelos municípios de Melgar, Girardot, Flandes e Espinal. Por esta rota, você pode chegar até Neiva, a capital da região de Huila, e seguir até o deserto.

O melhor dos passeios de moto pela Colômbia são as aventuras que te esperam

Outra possibilidade nesta rota é pegar a estrada por Villavieja para entrar pela parte de trás do deserto, fazendo um percurso mais "off road" onde, ao chegar ao município de Flandes, você usará uma chalupa (canoa) para atravessar sua moto pelo rio Magdalena, seguir para o município de Espinal e chegar ao seu destino por esta rota.

Em resumo, de Bogotá ao Deserto de la Tatacoa são 360 km, e o percurso pode durar de 5 a 7 horas, dependendo do número de paradas que você fizer no caminho.

Planos no Deserto de la Tatacoa

Uma noite estrelada no Deserto de la Tatacoa, um dos melhores destinos para viagens de moto pela Colômbia.
Crédito: Jess Kraft / Shutterstock.com

Aprecie a maravilhosa vista noturna no Deserto de la Tatacoa

O Deserto de la Tatacoa, que na verdade é uma floresta tropical seca, é um dos lugares mais visitados na Colômbia por suas maravilhosas paisagens de cânions secos e áreas erodidas com formações de diferentes cores.

Algumas das atividades que você pode realizar aqui incluem:

  • Caminhadas ecológicas nos diferentes trilhos do deserto (Cuzco e Los Hoyos) acompanhadas por um guia local.
  • Visitar o Museu Paleontológico em Villavieja e apreciar a maior parte dos fósseis encontrados no deserto.
  • Aproveitar uma chuva de estrelas em uma das palestras do Observatório Astronômico, um espaço de pedagogia liderado por especialistas e entusiastas com telescópios para observação dos astros.

Você também pode se interessar por: Páramos na Colômbia, planos imperdíveis de turismo de altitude

Mototurismo para os amantes de esportes radicais: de Bogotá a Medellín

Seguindo esta jornada dos melhores planos para o turismo de estrada na Colômbia, a proposta que apresentamos a seguir requer alugar uma moto esportiva de cilindrada média a alta. Desta vez, a ideia é ir um pouco mais longe e viajar por uma estrada completamente diferente. Próximo destino: A Cidade da Eterna Primavera.

Para chegar a Medellín, você deve sair de Bogotá pela calle 80, passando pelo Alto del Vino, e pelos municípios de La Vega, Villeta e Guaduas. Este último faz parte da rede de vilarejos patrimoniais da Colômbia, onde, além de desfrutar de seu encanto colonial, você pode se deliciar com sua oferta de padarias para todos os gostos. Depois de passar por esta cidade, você pega a famosa estrada da “Rota do Sol”, via La Dorada, e daí se desvia para Puerto Triunfo. Esta parte do trajeto é ideal para abastecer de gasolina.

Calcule sua rota para fazer desvios no caminho e ter uma viagem cheia de surpresas

Posteriormente, você pega a rota para Rio Claro e começará uma grande aventura, já que este trajeto tem curvas agradáveis para percorrer e passará pela Reserva Natural Cañón del Río Claro, onde você poderá praticar esportes radicais. Depois, você chega ao município de Cocorná, onde poderá fazer parapente e apreciar quedas d'água naturais e uma vista deslumbrante.

A Pedra do Peñol, um imenso monólito de 220 metros que você pode alcançar fazendo viagens de moto pela Colômbia.
Crédito: hillsn_1992 / Shutterstock.com

Descubra a Piedra del Peñol em Guatapé, Antioquia.

Este trecho de montanha termina em Santuario, onde começa a estrada reta em direção a Medellín. Se desejar, por essa rota, você pode chegar a Marinilla e fazer o desvio para chegar a Guatapé, mais conhecido como “a cidade dos zócalos” (coloridas figuras de cimento que decoram suas fachadas).

Do contrário, antes de fazer o desvio para Guatapé, você pode entrar em Medellín por duas entradas:

  • Por Rionegro, percorrendo as majestosas estradas que passam pelo aeroporto via Las Palmas.
  • Por Guarné e a parte de Bello que tem mirantes para apreciar paisagens espetaculares.

Para resumir, entre Bogotá e Medellín são aproximadamente 480 km, em um percurso que pode durar em média 8 horas, dependendo da quantidade de paradas planejadas.

O melhor da oferta turística de Medellín.

Medellín é conhecida como 'A Cidade da Eterna Primavera' devido ao seu clima agradável. Além disso, é uma das cidades mais inovadoras do mundo e recebeu diferentes reconhecimentos mundiais, como "City of the Year", um concurso organizado pelo Wall Street Journal e Citi Group. Além disso, é um destino com uma oferta cultural e turística para todos os gostos.

Alguns dos planos que você pode considerar ao fazer viagens de moto por esta cidade incluem:

  • Fazer um tour de cervejas artesanais, algumas microcervejarias oferecem em suas fábricas e até vendem comida para harmonizar ao gosto.
  • Visitar o Parque Explora, um complexo interativo dedicado à ciência e tecnologia, como o aquário e o planetário.
  • Visitar o Pueblito Paisa, um dos ícones mais representativos da cidade, a réplica de uma vila com todos os detalhes autóctones da cultura paisa.

Também pode te interessar: Viajar através da história ao percorrer essas vilas patrimoniais

A oferta de viagens de moto pela Colômbia está cheia de aventuras e lugares por descobrir. Calcule sua rota desde o início para que você aproveite ao máximo todo o percurso. Desde um deserto até um imenso monólito de 220 metros (Piedra del Peñol em Guatapé), sempre poderá escolher o trajeto que mais se adapte à sua moto, companhia e nível de experiência. ¡Te esperamos!